Ejaculação precoce: estresse e ansiedade dos homens

A ejaculação precoce é um problema que afeta uma grande parcela dos homens na atualidade, principalmente como consequência da carga de estresse, ansiedade em que vivemos no nosso dia a dia, o que acaba afetando diretamente a sexualidade do homem. Estudos revelam que a este problema afeta 26% dos homens.

20120913033755859

 

Não existe uma definição muito clara para o termo ejaculação precoce, entretanto, a maioria dos especialistas determina que este problema, que tanto aflige os homens, pode ser definido como uma ejaculação muito rápida, antes ou logo após a penetração, com o mínimo de estímulo. O homem perde o controle do momento de ejacular, causando angústia e insatisfação, não só para ele, mas também para sua parceira.

Hoje, sabe-se que a principal causa da ejaculação precoce é a de origem psicológica, fruto de ansiedade, estresse excessivo, preocupação no trabalho, crises conjugais, etc. E em alguns casos pode haver um aumento na sensibilidade no pênis do homem, decorrente do excesso de pele ou inflamação, que também podem contribuir para o surgimento deste distúrbio da ejaculação.

O tratamento consiste primeiramente em tratar o fator psicológico associado, com auxílio de um psicoterapeuta, em que algumas sessões poderão ajudar o homem a resolver conflitos internos. Associado, iniciamos medicação ansiolítica como a Paroxetina, Dapoxetina, Clomipramina, que devem ser ingeridos diariamente sob orientação de um especialista. Por fim, podemos também utilizar creme, gel ou spray a base de lidocaína (anestésico local), para reduzir a sensibilidade do pênis e dessa forma retardar a ejaculação.

A ejaculação precoce é muito frequente na nossa população, entretanto muitos homens ainda se sentem envergonhados e estigmatizados em procurar um urologista para tratar do seu problema, que tanto afeta sua qualidade de vida. Hoje, já dispomos de várias opções de tratamento com excelentes resultados, inclusive com algumas dicas e manobras no momento da relação sexual. Se você sofre desse problema procure logo um especialista.

Anúncios

Tire suas dúvidas sobre a vasectomia

 

Father Holding Infant1 – O que é vasectomia?

Vasectomia, também chamada de cirurgia esterilizadora masculina, é uma cirurgia em que cortamos e ligamos o ducto por onde passam  os espermatozoides no homem , responsáveis pela gestação na mulher , impedindo desta forma o homem de gerar filhos.

2 – Quem pode fazer esta cirurgia?

Hoje já existe uma legislação no Brasil que autoriza os urologistas a realizar este procedimento em qualquer homem com mais de 25 anos e pelo menos 1 filho.

3- É mais simples e rápido quando comparado a ligadura de trompas na mulher?

Com certeza, é uma cirurgia que pode inclusive ser feita com anestesia local, são feitos 2 pequenos cortes perto do testículo de 1 cm , e a recuperação é muito rápida. Na mulher a cirurgia é mais demorada, complexa e com mais riscos.

4 – A vasectomia pode levar a impotência sexual?

Não, de maneira nenhuma, a cirurgia só torna o homem estéril , incapaz de gerar filhos , não interfere  em nada a sua potência sexual.

5- Com esta cirurgia, o homem deixa de ejacular ou ter orgasmo?

Não . A ejaculação e o orgasmo permanecem do mesmo jeito.

6– Há possibilidade de reverter uma vasectomia?

Sim. É possível realizar uma cirurgia de reversão de vasectomia, onde fazemos uma nova ligação dos ductos que levam os espermatozoides. É uma cirurgia delicada , complexa, feita com auxílio de microscópio, onde a taxa de sucesso depende de quanto tempo o homem fez a vasectomia.

Varicocele causa infertilidade masculina

Evernote Camera Roll 20140620 100728

A varicocele se forma quando as válvulas de dentro das veias do cordão espermático impedem que o sangue flua adequadamente. Isso faz com que o sangue retroceda, causando inchaço e alargamento das veias. (É essencialmente o mesmo processo que forma veias varicosas, ou varizes, que são comuns nas pernas.)

As varicoceles normalmente se desenvolvem lentamente. Elas são mais comuns em homens entre 15 e 25 anos e do lado esquerdo do escroto. Muitas vezes, as varicoceles causam infertilidadeem homens.

A aparição súbita de uma varicocele em homens mais velhos pode ser causada por um tumor renal, que pode bloquear o fluxo sanguíneo para uma veia. Isso é mais comum do lado esquerdo que do lado direito.

O médico examinará a área da virilha, inclusive o escroto e os testículos. O médico pode sentir uma massa firme e torcida no cordão espermático (parece como um saco de minhocas).

No entanto, pode ser que a massa não possa ser sentida nem vista, especialmente se o paciente estiver deitado.

O testículo do lado da varicocele pode ser menor do que o outro.

 

O que você sabe sobre infertilidade?


Tag-Fertilização 2

 

A infertilidade é a dificuldade de um casal obter gravidez no período de um ano de tentativas, isto é, tendo relações sexuais sem uso de nenhuma forma de anticoncepção. A chance de um casal normal obter gravidez, por ciclo menstrual, é de aproximadamente 20% e que, após um ano, mais de 80% dos casais conseguirão gravidez. Acredita-se que 15% dos casais tenham alguma dificuldade de fertilização.

Causas

Criptorquidia: malformação que pode ser identificada no nascimento do menino, resultando em posicionamento incorreto do testículo, que atrapalha a produção de espermatozoides. Esse problema deve ser corrigido na infância para evitar a infertilidade do adulto.

Fatores genéticos.

Fatores hormonais.

Infecções.

Obstrução do canal por onde passam os espermatozoides

Varicocele (varizes do testículo, ou seja, veias com dilatação anormal).

A fertilidade masculina também pode sofrer alterações por outros fatores, como traumas e distúrbios imunológicos.

 

Tratamento

Identificada a causa e o grau da infertilidade, o médico avaliará quais as possibilidades de tratamento. Por exemplo, se o problema for provocado por infecção, deve-se tratar a infecção. Se os hormônios estiverem desregulados, a estabilização hormonal é o primeiro passo, e assim por diante. Caso a terapêutica não seja efetiva, atualmente os métodos de reprodução assistida (inseminação intrauterina e fertilização in vitro) têm obtido ótimos resultados.

 

Fique alerta! Uso de anabolizantes com fins estéticos

O crescente uso de anabolizantes com fins estéticos, como o ganho de massa muscular, tem atraido um olhar de alerta de profissionais da saúde. O uso indiscriminado desses produtos que, originalmente, foram desenvolvidos com fins terapêuticos, é objeto de muitos estudos que revelamos efeitos nocivos do seu uso irresponsável.

 

305

 

Cuidado ao utilizar anabolizantes! Veja os prejuízos a sua saúde:

Danos comportamentais (euforia, irritação, agressividade, insônia)

Endocrinológicos (acne, aumento dos pêlos corporais, calvície, aumento das mamas em homens e redução nas mulheres, atrofia dos testículos, impotência sexual, alterações dos níveis de glicose, irregularidade menstrual)

Cardiovasculares (aumento da pressão arterial e dos níveis de colesterol e triglicerídeos, aumento da chance de infarto e derrame)

Hepáticos e renais (o excesso de esteróides via oral ou injetável, será metabolizado pelo fígado e eliminado pelos rins, podendo causar alterações hepáticas, hepatite, tumores hepáticos e renais)

Músculo-esqueléticos (ruptura de tendões, artropatias)